Marca do Crea-AC para impressão
Disponível em <https://creaac.org.br/workshop-do-crea-ac-debate-um-fiscalizacao-mais-orientativa/>.
Acesso em 23/04/2024 às 09h11.

Workshop do Crea-AC debate uma fiscalização mais orientativa

O workshop aconteceu em três momentos e teve como objetivo otimizar a fiscalização do Crea-AC.

18 de junho de 2021, às 14h16 - Tempo de leitura aproximado: 5 minutos

Nesta segunda-feira (14) foi dado início ao Workshop da Fiscalização do Crea-AC 2021, que tem continuidade nos dias 16 e 17 no auditório do Crea-AC. Na abertura do encontro, a presidente, engª civil Carmem Nardino, destacou que o evento busca promover uma maior integração da fiscalização com as Câmaras especializadas, a troca de experiência, aprendizado prático, e também estimular o conhecimento das atividades de fiscalização do conselho profissional. Estiveram presentes na abertura do evento o vice-presidente, Edilailson Pimentel; o diretor administrativo, Antônio Luiz Jarude; a diretora financeira Rosa Costa; a coordenadora da Câmara especializada de Agronomia, Palmira Oliveira; o conselheiro Almir Paiva e o conselheiro Jânio Cândido Português.

A presidente do Crea-AC, engª Carmem Nardino, finalizou a cerimônia de abertura – “acreditamos que ninguém melhor do que a equipe de conselheiros e fiscais reunidos numa dinâmica de integração para trazer esse tipo de colaboração, tenho certeza que o resultado será muito bom”. O vice-presidente, Edlailson Pimentel destacou: “esse Workshop é importantíssimo para o Crea-AC, é um momento onde nós conselheiros nos aproximamos dos fiscais para entender melhor as suas demandas.” E ainda completou – “Me coloco a disposição da equipe de fiscalização para os acompanhar nas diligências que julgarem necessárias e dentro das minhas atribuições.”

Após os ritos iniciais o procurador jurídico, Vanderlei Valente, apresentou para os presentes a nova proposta de organograma do Crea-AC, que está em fase de finalização. Em seguida o gerente de fiscalização, Ranieri Albuquerque, apresentou um panorama do desempenho da fiscalização, com as ações e metas a alcançar no ano de 2021. Em seguida o ouvidor do Crea-AC, engº civil Paulo Lopes, falou sobre a importância de parceria, através de convênio de cooperação técnica, dos agentes fiscais do Crea-AC com os auditores fiscais da prefeitura, buscando uma fiscalização integrada e programada. Apresentou a ferramenta de gestão da fiscalização Power BI, com o novo Painel de Fiscalização, dando maior transparência nas ações da fiscalização. Finalizou sua apresentação com a demonstração de como formalizar uma denúncia através do site do conselho, exemplificando como funciona o ambiente público.

 

Conduzindo a programação do primeiro dia, a Presidente chamou à mesa os agentes fiscais, Pamyla Tavares, Maria Antonia Rocha, Nilce Filgueiras e Weliton Ribeiro para dar início à rodada de conversas, com o intuito de diagnosticar os processos de fiscalização tendo como base referencial ações orientativas e preventivas. “É a hora de escutar vocês, de conhecer as experiências de vocês em campo, as vivências, ou seja, vocês vão nos relatar as dificuldades que encontram durante a execução dos serviços e pontuar algumas sugestões que consideram importantes para se ter uma fiscalização mais assertiva, mais orientativa e preventiva”, finalizou a presidente.

Na quarta-feira (16) segundo dia de evento, os representantes das Câmaras especializadas foram apresentados aos agentes de fiscalização. Estiveram presentes a diretora financeira, conselheira engª Rosa Costa, os coordenadores de Câmaras especilaizadas, engª agrônoma Palmira de Oliveira, engº civil Lauro Julião e o engº eletricista Leonardo Carneiro, e os conselheiros, tecnólogo em const civil Almir Paiva, engº florestal Jânio Português, engº florestal Marcos Rino e o engº agrônomo Quirino Henrique.

Na programação do segundo dia o gerente de fiscalização Ranieri Albuquerque, apresentou os dados estatísticos da fiscalização ao longo dos últimos três anos, os números das ações de fiscalização por câmara especializada e por município. Destacando que, mesmo com a ausência da fiscalização presencial nesses quase três meses de trabalho remoto, forçado pela pandemia do Covid, onde a fiscalização, nesse período, se deu apenas de forma indireta pelos jornais, sites e diário oficial, as ações foram expressivas. ” – Se não tivéssemos utilizado essas outras formas de fiscalização nunca teríamos conhecimento de obras e ou empresas que até então desconhecíamos”, destacou a agente de fiscalização Maria Antônia.

 

Em seguida o assessor jurídico, o advogado Geovanni Cavalcante, discorreu sobre o Departamento de Assessoria as Câmaras, apresentando as atribuições e funcionamento das Câmaras Especializadas, e sobre os Manuais de Fiscalização.

“O workshop está sendo uma experiência incrível, a equipe está muito confiante nas relações entre os setores e os conselheiros, todos entendem a necessidade de se adequar a fiscalização a realidade do dia-a-dia. Quando tudo estiver alinhado, teremos celeridade nos processos, podendo futuramente aumentar a abrangência e cobertura da fiscalização”, ressaltou a presidente do Crea-AC Carmem Nardino.

Finalizando o segundo dia do workshop, a discussão foi em torno do alinhamento técnico-jurídico, abordado pelo Dr Geovanni Cavalcante, assessor jurídico do Crea-AC e todos os envolvidos no processo de fiscalização. “Certeza que tarminaremos esse workshop melhores, estamos entendendo as dificuldades de todos no que envolve a fiscalização, assim podemos juntar as pontas que faltam pra dar celeridade nos processos internos.” – destaca Geovanni Cavalcante.

Na quinta-feira e último dia de reuniões, tivemos a participação do conselheiro engº civil Mateus Santos que esclareceu as dúvidas dos processos de fabricação e montagem de estruturas metálicas, foram esclarecidas as últimas dúvidas com relação aos processos de fiscalização e as mudanças que deverão ocorrer entre os setores. “Estou muito feliz com o workshop, sentia que havia uma distanciamento entre os conselheiros e os setores que envolvem a fiscalização. Agora estamos estreitando as relações, cada qual externando suas necessidades, visando posteriormente a organização do todo. Me deixo a disposição para ajudar no que eu puder para melhorar a fiscalização” – comentou Emerson Neri gerente do Departamento de Assessoria ao Colegiados. Em seguida foi apresentada pela Presidente Carmem Nardino, as orientações dos Coordenadores de Câmara sobre as definições de atribuições profissionais a respeito a fiscalização de: Estruturas Metálicas; Postos de combustível; Oficinas mecânicas; Silos graneleiros; Supermercados; Loteamentos; Agrotóxicos; Hotéis/motéis; Fiscalização em hospitais; Duplicação em vias públicas e fiscalização de obras de instalação de sistema de placas solares.

Fotos: Daniel Lobato – Assessoria de Comunicação Crea-AC

Para mais imagens sobre o evento clique aqui.


Estamos online das 7:30h às 13:30h!