Marca do Crea-AC para impressão
Disponível em <https://creaac.org.br/sistema-participa-das-tratativas-para-construcao-do-memorial-da-engenharia/>.
Acesso em 01/03/2024 às 08h43.

Sistema participa das tratativas para construção do Memorial da Engenharia

15 de abril de 2021, às 13h34 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

O Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), por meio do assessor da presidência eng. civ. Osmar Barros Júnior, e o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Pernambuco (Crea-PE), eng. civ. Adriano Lucena, participaram na quinta-feira (15/04) das tratativas para construção do Memorial de Engenharia em Pernambuco. O encontro reuniu, além dos representantes do Sistema, o reitor da Universidade de Pernambuco, Alfredo Gomes; o vice-reitor, Moacyr Cunha de Araújo Filho; e o pró-reitor Oussama Naoua.

Na ocasião, Naoua apresentou as pretensões para que no local funcione o Museu da Engenharia, a Biblioteca da Engenharia, o Centro Cultural da Engenharia, o Centro de Estudo e Pesquisa da História da Engenharia em Pernambuco, além de um núcleo de educação continuada com auditórios e salas de aula. “A ideia é que o espaço, além de preservar a memória e pautar o debate sobre a memória e a identidade da engenharia,   sirva de centro de convivência, promovendo debates em outras temáticas, como na área cultural, para gerar um fluxo. Precisamos lembrar que memória sem público é esquecimento”, ponderou o pró-reitor.

Durante a apresentação, o assessor da presidência do Confea eng. civ. Osmar Barros Júnior, que também é professor, falou sobre o significado do Sistema em participar desse projeto. “Um dos pilares do Conselho é a valorização profissional, manter a memória da engenharia sempre ativa e ao alcance, não só dos estudantes, docentes e dos profissionais, mas da sociedade como um todo coaduna com os valores que defendemos”, explicou Osmar. O assessor ainda sugeriu que a UFPE fique atenta à política de patrocínio, que deve ser aprovada em breve no Plenário do Confea, que destina recursos para publicações, o que seria um meio para materializar o livro que a Universidade pretende lançar sobre a história da Engenharia.
Em relação à soma de esforços envolvendo a Universidade, o Conselho de Engenharia e outras instituições, o assessor da presidência informou que o Confea apresentou ao Ministério da Cidadania uma minuta de Acordo de Cooperação Técnica (ACT) para análise de projetos de segurança e de risco na área de cultura. “O ACT possibilitaria que os Creas habilitem os profissionais do estado para fazerem os projetos e os estudos de maneira que fossem custeados pelo Ministério por meio dessa cooperação”, esclareceu Júnior, que ainda se comprometeu a verificar em que fase está o documento no Executivo.

Já o presidente do Crea-PE, eng. civ.  Adriano Lucena, destacou a importância de o Confea estar inserido no projeto. “A junção da sociedade, da academia, do Crea e do Confea potencializa a materialização desse projeto pioneiro no Brasil”, comentou Lucena. Os envolvidos nessa empreitada estão definindo o cronograma, viabilização do projeto arquitetônico e de engenharia, além meios para se obter verba para a construção do Memorial.

Sobre o projeto
O Memorial de Engenharia, que tem como idealizador o professor e engenheiro Álvaro Camelo, vai funcionar no prédio da antiga Escola de Engenharia de Pernambuco, número 371 da Rua do Hospício. O imóvel pertence à Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e, de 1919 a 1967, abrigou a Escola de Engenharia de Pernambuco, que foi a primeira instituição de ensino de engenharia do Norte e Nordeste do País.

Fernanda Pimentel
Equipe de Comunicação do Confea com informações do Crea-PE


Estamos online das 7:30h às 13:30h!